Nossa guerreira

Nossa guerreira
Vivi

quinta-feira, 13 de março de 2014

Ana Vitória em mais um passo...

Vivi na Gaiola de Atividades Pedia Suit


Ontem foi um dia muito especial para nós.
A Vivi teve mais uma sessão de T.O,(terapia ocupacional)... a terapeuta que a acompanha sempre muito atenciosa, sempre colocando ela pra fazer muitas atividades, coisas que até nem imaginamos que ela faria...
E dessa vez ela colocou a Vivi na Gaiola de atividades Pedia Suit, nossa, que alegria ver a nossa pequena de pé pela primeira vez...
Foi tão gratificante...
E foi mais gratificante ainda ver a alegria e vibração de Dra.Leatrícia...ela ficou tão feliz qto nós...
Nessas horas é que entendemos o quão é bom ter ao nosso lado profissionais que "acreditam", que caminham lado a lado com a gente, buscando o melhor para nossos filhos especiais...
Ontem antes de dormir agradeci muito a Deus por ter colocado tantos profissionais de bem, profissionais de bom coração para trilhar esse caminho conosco...
A Vivi ficou em pé...a Vivi pulou na bola, mesmo com ajuda dos cabos da gaiola...mas para nós foi a maior alegria do mundo...
E como não vibrar...não se alegrar...
Para alguns isso pode até não ter nenhum significado, mas para quem sabe todos os esforços que fazemos, toda a dedicação, fé, confiança, e alegria depositada em cada passo que ela dá, sabe exatamente o tamanho da nossa felicidade... 

 






domingo, 2 de março de 2014

Vivi 2anos e 7meses....a Pedrita mais linda do Carnaval 2014...

Olá pessoal!!!
Eu sempre prometo que não vou demorar a vim aqui...mas não tem jeito...a correria do dia a dia e praticidade do face, acaba me "forçando" a entrar lá diariamente e postar as noticias...
Mas aqui estou, mesmo depois de muito tempo para dar noticias da minha flor para aqueles que não tem face...
Comecei o ano voltando ao trabalho...e estou cada dia mais feliz...me sentindo renovada outra vez...
É só pela manhã e me sinto muito bem estando de volta ao meio educacional...
Estou trabalhando na Secretaria de Educação Municipal da minha cidade, na coordenação pedagógica do PROJOVEM Urbano, um programa que tem duração de apenas 18meses, mas é imensamente gratificante trabalhar nele, tenho aprendido muito...e aprendido também com meus colegas de trabalho, em especial a Palloma, uma pessoa maravilhosa que agora ja faz parte da nossa vida, e a Adriana uma amiga da época de faculdade que é muito mais que uma chefe...uma pessoa maravilhosa...
A Vivi esta bem... como tenho a tarde livre, a rotina dela continua a todo vapor... fisio, fono, T.O, etc...
Ela completou 2anos e 7mese no dia 21 de fevereiro...e como todos os meses, não foi diferente...agradecemos ao Senhor, porque precisamos fazê-lo todos os dias, ainda mais no dia que ela completa ano/meses....
Esta cada dia mais fofa...mais perfumada...e com os cabelos enormes, me dando trabalho para controlar os cachos....kkkkk
Ela tem me reconhecido cada dia mais....
Com minha ausencia, ela sente minha falta e quando chego, que falo com ela, que cheiro, ela dá gritinhos...dá uma risadinha discreta e até balbucia alguma coisa, que é uma linguagem ´so nossa....kkkkkk
Mas que me deixa cada dia mais feliz e mais orgulhosa dela...
A única coisa que ela ainda me dá trabalho é na hora de dormir...ou melhor, a noite, porque ela dorme suer bem durante o dia mas a noite dá aquele plantão básico que me deixa destruída no dia seguinte para ir trabalhar....mas até nisso o meu trabalho é ótimo, porque tenho uma certa flexibilidade de horário...com tanto que eu cumpra as horas previstas, eu posso de vez em quando chegar um pouco mais tarde....
Realmente Deus é maravilhoso!!!
Quando eu já estava me deseperando...não vendo mais nenhuma saída...ELE me presenteia com um trabalho e com pessoas maravilhosas...
Glória a ELE!!!!

E agora dando as últimas informações....
No dia 28, sexta-feira, na abertura do Carnaval da nossa cidade, saiu o Bloco Carnavalesco SOU LEGAL, SOU ESPECIAL...assim como o ano passado nós fomos participar...
A minha flor se vestiu de Pedrita e ficou a coisa mais linda....kkkk
Também foi muito bacana porque consegui reunir algumas outras mães que assim como eu fazem parte da AMAESP, a associação que estamos formando aqui em Petrolina....
Nossa, foi um dia de muita felicidade...
Mas ela ja estava um pouco gripadinha...e assim permanece até hoje, domingo de carnaval...
Acho que não vamos mais nenhum dia para o carnaval, mas ja valeu...foi realmente maravilhoso, ter conseguido reunir, Vivi, Pedrinho, Joseph e Cauã.... e ainda ter visto e revisto muita gente...inclusive pessoas que foram só para ver a Vivi pessoalmente...rs....foi muito bacana....
Estamos bem, mesmo em meio aquelas nebulizações, e todos os cuidados que temos com ela a cada gripe...
Também o tempo por aqui ta um pouco doido...ora faz calor de matar, ora chove muito...e isso contribui muito para essas crises dela...
Mesmo assim, encerro a postagem dizendo que já chegamos ao terceiro mês do ano e ela não foi nenhuma vez ao hospital, exceto para consultas com sua pediatra...
Mais uma vez obrigada Senhor, por cada conquista!
Desejamos a todos um bom carnaval...um bom descanso... e até breve!




Minha Pedrita....


Rosilda e Joseph...Patricia e Cauã...Célia e Pedrinho e eu e minha Pedrita

Meu pirata lindoooooo



Pronta para sair no Bloco Sou Legal Sou Especial!!!!

sábado, 4 de janeiro de 2014

Bem vindo 2014...

Bem vindo 2014
O ano de 2013 chega ao fim e com a certeza que foi um ano muito difícil... talvez um dos mais difíceis para mim... um ano super complicado financeiramente e consequentemente emocionalmente. Pois tive que deixar de trabalhar para me dedicar inteiramente aos cuidados da minha flor e com isso tudo mudou. Como não recebemos nenhum tipo de auxilio, as coisas foram ficando cada dia mais complicada.
Mas, por outro lado um ano que minha flor provou mais uma vez o quão forte e determinada ela é. Ano em que ela não se internou nenhuma vez, exceto para a realização da cirurgia de gastrostomia, cirurgia essa que ela se saiu super bem...mais uma vez firme e forte. Então nesse aspecto eu so tenho que agradecer a Deus. E como na vida é assim mesmo, sempre estaremos bem em um aspecto e mal em outros... tirei esse ano também para aprender alguma coisa, ou pelo menos tentar, pois como já disse foi muito difícil e eu emocionalmente não consegui me manter firme como sempre fiz... pela primeira vez nesses anos, eu me vi sem animo e sem força. Logo eu, que já servi de exemplo para tanta gente. Mas isso também é bom, porque as pessoas passam a me ver como um ser “normal”, eu não tenho que ser forte e firme sempre, eu tenho sim o direito de desabar de vez em quando, de me desesperar e saber que os meus amigos de verdade vão me entender e vão me dar força mais uma vez e quantas vezes forem necessário.
Então mesmo tendo sido um ano difícil, eu tenho que agradecer... agradecer a Deus pela minha bolotinha linda...pelos meus filhos maravilhosos, um adolescente que carinhosamente chamo de “aborrecente”, que apesar de me da um trabalhão para estudar, é um menino fantástico (Pedro)... o meu pequeno príncipe, lindo, esperto e que nos ensina tanta coisa na sua espontaneidade de amar a nossa menina incondicionalmente(Heitor)...ela, a minha flor perfumada que dá um sentido diferente às nossas vidas...o meu esposo que continua sendo meu porto seguro e agradecer a minha vida... apesar de tudo que passei esse ano, preciso também agradecer pela vida...
Vida se comemora...vida se agradece...vida se vive...apesar dos pesares.
Então assim, como a vida se renova quando o ano se renova... começo esse ano com mais animação e mais fé de que as coisas vão melhorar... me sinto mais otimista.
No ultimo dia do ano meu esposo estava trabalhando e eu já estava me preparando para ficar so em casa com Heitor e Vivi, pois Pedro já tinha combinado de sair com uns amigos... aí uma amiga querida e super presente em nossas vidas, me chamou, quase exigiu a minha presença no rompimento do ano, lá em sua casa... fiquei tao feliz... e para lá fomos. Tathiane e família nos recebeu muito bem, como sempre e conseguiu transformar numa grande alegria a minha virada de ano...tantos risos, tanta musica, tantas conversas otimistas, que so aumentou o meu ânimo para o ano que nascia...
E para minha alegria, comecei o ano recebendo uma proposta de emprego...nem acreditei, mas vamos lá, fazer a experiência, torcendo para que tudo dê certo e que realmente o ano de 2014 seja melhor para mim, para nossa família. Consegui trazer de volta a minha ajudante de casa...uma que cuida super bem da Vivi e que tinha ido embora a mais ou menos 3meses... pois ela voltou e agora vou poder me ausentar pela manhã sem nenhuma preocupação por saber que ela cuida bem da minha florzinha e a tarde continuarei cuidando eu mesma da minha princesa linda, a levando às consultas, as terapias e tudo que ela faz diariamente.
Obrigada a todos que me mandaram mensagens de força e estimulo, obrigada mesmo. Nessas horas é que vemos que realmente tem uma legião de seguidores que amam e se preocupam com a minha menina... obrigada a cada um...
E encerro dizendo que darei noticias em breve... ainda não estou conseguindo postar fotos da minha flor...então quem tiver face, me adiciona que lá eu sempre posto fotos e notícias diárias da minha flor... o meu perfil é Ladjane Lustosa.

domingo, 22 de dezembro de 2013

21 de Dezembro...Ana Vitória 2anos e 5 meses...

21 de Dezembro...Ana Vitória 2anos e 5meses...

Começo pedindo desculpas a todos os seguidores do blog, pelo sumiço.
É que estou passando por um momento muito delicado da minha vida... e isso tem me tirado a inspiração para escrever.
Ana Vitória esta bem e eu agradeço a preocupação e o carinho de tanta gente que enviou mensagens, e-mails, todo mundo preocupado e querendo saber noticias dela.
Como disse, ela esta bem, so tendo umas crises alérgicas aqui, umas gripes ali, como agora, mas esta bem sim. Esse ano, exceto a internação para fazer a cirurgia em São Paulo, ela não teve nenhuma internação, graças a Deus.
A quatro dias ela esta gripada, mas esta sem febre, so com muita obstrução nasal, muito dengo,rs, uma tossinha, ora secretiva, ora seca... mas já ficamos tensos, pois lembramos logo do Natal do ano passado, que ela se internou bem no dia 24 de dezembro.
Mas com o passar do tempo, fomos aprendendo a lidar com cada gripe, cada crise alérgica e temos evitado muito leva-la ao hospital. Então espero que dessa vez, passe logo e ela fique bem.
Da cirurgia ela esta bem, tirando o boton que está um pouco maior do que deveria e isso tem machucado um pouco o orifício, ao ponto de sangrar por duas vezes e eu ficar louca, preocupada...na ocasião levamos ao medico e ele disse que não era de mais...
Como não sou de aceitar as coisas e ponto. Troquei por conta própria o boton pela sonda folley e ela ficou super bem, mas como o boton é mais prático, logo que sarou o orifício, eu a recoloquei e esta tudo bem, mas preciso fazer uma proteção para evitar tanto atrito entre o boton e a pele.
Estamos chegando ao final de mais um ano e não tem como deixar de agradecer a Deus pela vida dela, por todo aprendizado. E procuro não esquecer nunca de agradecer. Mas confesso que esse tem sido o ano mais difícil em relação a outras coisas na minha vida. E ando muito sem graça para a vida. Estou tentando com muito esforço não cair num buraco negro da depressão. Estou tentando ser forte mas não estou me sentindo assim a algum tempo.
E preciso evitar falar sobre isso, porque por incrível que pareça, algumas pessoas fazem logo a relação com a minha flor. E não é. Ela sim tem sido a melhor coisa que tenho na minha vida.
Se não fosse por ela, talvez já tivesse caído a muito mais tempo. Mas por ela eu me mantenho firme, ou pelo menos estou tentando.  Ela e meus outros filhos, tem sido a razão da minha vontade de continuar sorrindo para vida.
E sei que não posso me deixar cair...eles precisam de mim...a minha flor, minha princesa linda principalmente. Ela anda tão manhosa, tão cheia de manias...tem interagido mais com a gente... tem “respondido” quando falamos com ela...
Heitor que o diga...rs... eles dois juntos é uma graça e isso tem me dado força para continuar de pé.
Obrigada Senhor!



Infelizmente a minha internet não esta muito boa e não esta carregando fotos...vou ficar devendo, mas posso garantir que ela continua mais linda e fofa do que nunca...rs

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Ana Vitoria 2 anos e 3 meses...


Dia 21 de outubro a minha Flor perfumada completou 2anos e 3meses...
Ela estava super bem , depois daquele episódio...rs
Mas semana passada essa moça resolveu pegar um resfriado... ai ja viu ne?
Nariz corizando...corpinho mole...um dia de febre...
Mas graças a Deus ela ficou bem logo logo...
So voltou a puxar da respiração por causa da obstrução nasal...que foi o que mais nos deixou tristes e preoucpados...pois depois da cirurgia ela estava respirando tão bem...tão tranquila....
Mas os dias foram passando e ela foi melhorando gradativamente...
E agora ela esta bem melhor...
No dia 21 ela completou 2anos e 3meses...
E mais uma vez, não poderia ser diferente...agradecemos muito a Deus por mais um mês...
Por tudo que ELE tem nos proporcionado... por tudo que temos aprendido e pela transformação na nossa vida....





terça-feira, 8 de outubro de 2013

Vivi contribuindo para transformar as pessoas em seres humanos ainda melhores!!!! Orgulhosa dela!!!!

Passamos o resto do final de semana em paz...
Cuidando da nossa menina e mais nada de sustos... ela ficou bem...
Continuei muito triste porque ainda soube que uma pessoa que leu o meu desabafo se doeu com que escrevi...e acabei infelizmente dando uma resposta para quem não merecia ouvir... fiquei arrasada so em pensar em ter magoado alguem que amo tanto, que se preocupa tanto comigo, que faz tudo pela minha Vivi...
Mas infelizmente não pude dizer diretamente a pessoa que vive em um mundo muito diferente do meu, que não tem ideia do que é ser mãe especial nesse mundo tão preconceituoso, nesse mundo que dificulta tudo para as pessoas com necessidades especiais... 
Infelizmente não pude dizer a essa pessoa, que é muito facil criticar e sentir as dores, quando não se tem noção do que é passar tanto tempo lutando pelo o mínimo que uma criança merece... e que nem sempre acontece...
Senti vontade de dizer a "essa" pessoa que eu, assim como a grande maioria das mães especiais, não vivemos um conto de fadas...nós vivemos uma história real... que precisamos muitas vezes, brigar, gritar e defender nossos filhos, só porque eles são especiais, tem necessidades diferentes e algumas pessoas acham que eles não são normais...que não precisam de tudo e mais um pouco que outras crianças precisam...
Matamos um leão por dia....
Quantas vezes ouvi dos médicos que minha filha era incompativel com a vida...e quantas vezes eu baixei a cabeça por achar que eles sabiam mais do que eu...com o tempo, e até mesmo com a própria Vivi eu fui aprendendo a defende-la e lutar pela sua vida...
E hoje me orgulho disso... me orgulho porque não deixo mais ninguem nos diminuir... independente da classe social que as pessoas tenham...
Não me sinto nem melhor, nem tampouco pior do que qq pessoa...
Muitas vezes essas pessoas que nos criticam, vivem de aparencias, num apartamento de luxo ou em casa luxuosas, que tem filhos e nunca nem trocou uma fralda... pessoas que nem sabem o que é ser mãe de verdade...
Sinto muito por elas... mas não vou deixar de dividir a minha história com Vivi...
A minha história que representa tantas outras histórias sofridas...
HISTÓRIAS REAIS... com personagens reais...que sofrem para ter seus filhos aos seus lados....
Tenho um compromisso com esse blog...
Compromisso com pessoas que acompanham a nossa história desde o começo, que sabem tudo que passamos, tudo que sofremos para a nossa menina esta bem e esta ao nosso lado...
Sinto muito mesmo por quem veio aqui, leu e se doeu...
Se não está satisfeito então não visite o meu blog...
Não me mandem convites no face...
Só quero por perto quem nos faz bem... quem manda energias positivas para nós...
E repito... não vou deixar de compartilhar tudo que passamos com essa história...
Divido mesmo, para que outras mães não passem pela mesma coisa, e para que as mães que independente de terem filhos especiais ou não, também saibam valorizar cada minuto ao lado dos seus filhos...
Aos amigos queridos de sempre...me desculpem pelo desabafo porque vcs nem merecem esta lendo isso...
Mas eu não estaria sendo eu mesma se eu não fizesse esse relato...
Vcs me conehecem e sabem que quando estou bem eu divido minhas alegrias, mas quando não estou também desabafo...
Essa sou eu, Ladjane Alencar...mãe  muito orgulhosa de Ana Vitória, uma menina que vive de um milagre lindo de Deus em nossas vidas e não vai ser essa pessoa de alma pequena que vai me fazer mudar de ideia...
E a prova é tão grande que não estavamos  errados no que fizemos, que ontem, segunda-feira, fui com Hildo a uma loja de materiais hospitalares comprar exatamente algumas sondas para nós mesmos trocarmos caso seja necessário, quando meu telefone toca...
Atendi e para minha surpresa era exatamente o médico do incidente...
Na hora fiquei atônita... nem acreditei
Ele me ligou pessoalmente para pedir que fossemos no dia seguinte ao seu consultório e levasse a Vitória para ele fazer a medição com calma da sonda para fazermos logo o pedido da sonda Mickey, que será a definitiva...
Não esnobei... confirmei a nossa presença e ficamos , tanto eu quanto Hildo, felizes, porque entendemos que ele mesmo deve ter reparado o que fez...e essa atitude era uma retratação...
Fiquei feliz porque mais uma vez tive a certeza que Ana Vitória contribui para que de alguma forma as pessoas que a conhecem, se tornem pessoas ainda melhores do que já são...
Hoje fomos a consulta e foi totalmente diferente...toda atenção, toda educação, do jeito que tem que ser...
Ele não tocou no assunto, nós também não, mas ficamos sim felizes, por acreditar que a melhor e maior qualidade do ser humano é sempre tentar concertar um erro cometido...
A partir de agora, tenho certeza que a minha menina receberá uma atenção mais especial e fico imensamente feliz por isso...
Entendo que todo mundo tem um dia de “cão”...de estafa, de estresse... e que qualquer um pode fazer isso, num surto de cansaço físico...
Continuo acreditando que nada justifica, mas também quem sou eu para não compreender e desculpar...
Só espero que a pessoa que magoei me entenda, me perdoe...é que não é fácil, como já disse, passar por tanta coisa com Vivi...e ainda ter que me preocupar com o que algumas pessoas de almas pequenas vão dizer ou pensar de mim e da minhas atitudes...



Olha a Flor toda esparramada com uma fralda amarrada 
na cintura para não puxar mais essa sonda...kkkk

Hoje ela voltou as suas atividades... numa sessão de T.O com
 tia Leatricia....um anjo em nossas vidas

sábado, 5 de outubro de 2013

Dias de muita alegria.... sustos....e indignação!!!

A última postagem foi no dia em que a Vivi teve alta...corremos e conseguimos as passagens para o dia seguinte logo cedo as 06h da manhã...
Dormimos no Hotel, cedido gentilmente pela Síndrome do Amor e na manha do dia primeiro de outubro, as 05h estávamos no aeroporto, rumo a nossa cidade...
Foi uma viagem tranquila...
E na chegada uma surpresa muito especial...os padrinhos da Vivi foram nos buscar com Heitor...nossa ficamos tão felizes...
Mas qdo chegamos em casa ainda no auge da alegria percebemos que o cachorrinho, filhote que Heitor ganhou poucos dias antes de viajarmos, tinha sumido... ficamos muito trsite... e ele não apareceu...
Mas o grande susto foi ontem, dia 04... em meio a uma sessão de fisioterapia a Vivi arrancou a sonda da cirurgia, que ainda estava com pontos...
Nossa, na hora pensei que ia ter um troço do coração...
Liguei para o médico que fez a cirurgia dela e para minha surpresa, mesmo sendo horário de almoço, ele me atendeu super atencioso como sempre...me acalmou, me disse o que fazer até chegar ao hospital e pediu que eu fosse o mais rápido possível...
A fiso Marcela também me ajudou e eu tentei ficar mais calma...sem muito sucesso.
E fomos para o hsopital o mais rápido que pudemos... no caminho já fui ligando e pedindo que o pessoal do hospital já fossem tentando entrar em contato com o cirurgião já que ele não fica no hospital, so fica sob aviso...
Mas infelizmente me disseram que não podia fazer aquilo...so com ordem da médica que estava de plantão...
Fiquei já estressada, mas tudo bem.
Chegando ao hospital, tanta demora, tanto dificuldade, até que ligaram e o médico chegou até rápido... a demora maior foi o processo de ligar...
Ele chegou, todo abusado, resmungando o tempo todo e eu sem entender direito...
Ele ficava repetindo que não tinha necessidade de chamá-lo ao hospital para realizar um procedimento tão simples... e era de cara feia o tempo todo e resmungando... pegou a sonda e disse para a gente olhar e aprender como era fácil... mas o problema era o tom como ele estava falando...
Até que eu disse: Olha doutor, eu não sou o tipo de mãe que corre para o hospital so em minha filha dar um espirro...nós só viemos porque é tudo muito novo para nós e ainda não sabemos lidar com isso... aí caiu a ficha e ele falou mais calmamente, e disse que não era comigo, que eu estava certa mesmo em ir ao hospital porque o material so tinha lá...ele estava se referindo a equipe de enfermagem que tinha que saber e ser capaz de introduzir uma sonda daquelas...
Achei o Ó aquilo que ele falou, mas deixei para lá...
Viemos para casa, tudo bem tudo tranquilo...
A sonda que ele colocou é de outro tipo diferente da que veio na cirurgia, mas não achei que iria ter problemas..... engano meu!!!!
Hoje a noite, mas precisamente as 19h fui passar a dieta da Vitória e achei estranho porque o leite estava voltando... quando tirei a fralda (porque hoje amarrei uma fralda de tecido na cintura dela para a sonda não ficar solta e correr o risco dela puxar de novo,rs) tirei tb o curativo e olhei...outro susto!
O balão da sonda tinha rompido...
E dessa vez a culpa não foi da minha fofolete...ela se comportou tão bem o dia todo...
Então fomos novamente ao hospital, porque como o balão rompeu, era preciso colocar um novo e nós não temos em casa, senão eu mesa teria colcoado...
Chegando ao hospital fomos logo avisando a enfermeira de hoje o que aconteceu ontem...mas ela disse que por coincidência o cirurgião estava no bloco cirúrgico realizando um procedimento, e como ele estava lá ele mesmo trocava a sonda...
Tudo bem!
Mas quando ele chegou, fiquei tão chocada que fiquei sem conseguir dizer uma palavra...
Ele simplesmente pegou a sonda, e enfiou com toda grosseria que vocês possam imaginar...
A Vivi que estava super tranquila, esparramada na maca, se contorceu toda, perante tanta brutalidade e ignorância...
Enquanto eu fiquei calada, hoje foi a vez do meu marido não deixar por menos...
E disse a ele que se fosse para Vitória continuar sendo tratada daquele jeito não ia dar certo...
Porque nós não levamos a nossa filha para ser tratada por dois dias seguidos com todo aquele abuso e má vontade...
E o médico começou a desabafar que estava esgotado...que estava de pé desde as duas da manhã...que era só ele e mais outro na cidade para atender a tantos procedimentos...que esse tipo dfe procedimento era algo muito simples que uma enfermeria poderia fazer...enfim, ele desabafou...ouvimos...
Mas aí foi a minha vez de falar...
Eu disse a ele que até poderia entendê-lo, mas ndad justificava a forma como ele tratou a Vivi...ela não tem culpa de nada daquilo que ele falou...
Ele até reconheceu pediu desculpas, mas não desceu muito do pedestal não...
Meu marido continuou argumentando com ele... e ele ainda tentando justificar todo seu cansaço...
Vim para casa com aquela péssima sensação de que aqui minha filha não esta bem assistida... claro que não posso generalizar...minha filha tem ótimos acompanhamentos de outras aéreas...mas dessa...
E o pior é saber que por falta de opção toda vez que precisar é ele ou o outro, que também já tive o desprazer de cruzar em uma internação  da Vivi, que vão atende-la...
Senti vontade, pela primeira vez de não morar mais em Petrolina...
Estou com vontade de procurar outros rumos...
Hoje vou dormir com essa vontade...
Vontade de não morar mais aqui!!!
Poxa vida, minha filha, que tanto amo, que tanto cuido, que tanto zelo... tenho tanto carinho por ela...tudo que vou fazer com ela é com tanto cuidado com tanta atenção... aí de repente a gente presencia uma estupidez daquela...
Talvez alguém por aí possa até achar exagero, mas juro que não foi...é que só escrevendo não dá para ser tão precisa na atitude que ele teve com ela...
Quando lembro... ele começou jogando as coisas na maca...e já dando bronca na enfermeira...depois rasgou com toda estupidez o saco da nova sonda e penetrou com toda força e grosseria possível...
E o pior é saber que isso pode acontecer novamente, pois ele mesmo me disse que a sonda não é de boa qualidade e que o balão pode romper de novo...
Sem falar que ele acabou colocando uma sonda com uma numeração maior porque no hospital não tinha a menor... 


Hoje termino o meu dia muito triste.... e decepcionada!!!
Só queria que minha filha fosse bem tratada...
Tem algum mal nisso????
Ela é só uma criança, que não tem que pagar pelos erros dos outros...



As fotos abaixo mostra toda a tranquilidade dela em estar em casa...junto com seu irmãozinho querido...

Ao lado do ursinho que foi um presentão da tia Veronica...kkkk





Ela bem ótima depois que voltamos do hsopital, na primeira recolocada da sonda...